(18) 99698-0957 ...........(18) 3918-5300 ..........

NO AR

Programa Show da Onda Viva

Com Luciano Teixeira

Brasil

Doria promete batalhão 'padrão Rota' em Prudente

Publicada em 11/02/19 as 07:32h por https://www.portalprudentino.com.br/noticia - 3 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: https://www.portalprudentino.com.br/noticia)
O governador João Doria assinou decreto de criação de mais quatro Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baep) no Estado de São Paulo. Uma das novas unidades será instalada em Presidente Prudente e deve entrar em funcionamento na primeira quinzena de abril.

“Todos os policiais que vão atuar no Baep passarão por treinamento no Comando de Policiamento de Choque com o padrão Rota, para o patrulhamento tático, gerenciamento de crise, negociações com reféns, busca e apreensão de artefatos explosivos, patrulha em locais de risco, ações táticas especiais, controle de multidões e policiamento em manifestações”, diz Doria.

O 8º Baep será criado em Presidente Prudente. “Teremos novos Baeps atendendo os comandos de policiamento do interior, batalhões em que articulamos a força no interior, dando ao comandante a capacidade de intervenção”, ressalta o secretário de Estado da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos.

O efetivo a ser empregado nessas novas unidades passará por treinamento sob coordenação e aplicação do Comando de Policiamento de Choque (CPChq). Serão aplicadas disciplinas específicas do treinamento das Rondas Ostensiva Tobias de Aguiar (Rota), 2º Batalhão de Choque, 3º Batalhão de Choque, Comandos e Operações Especiais (COE) e Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate).

Batalhões de Ações Especiais 

Os Baeps foram criados para combater o crime de maneira mais ostensiva no Estado. Nas unidades especializadas, as equipes atuam de forma semelhante aos padrões do policiamento de Choque. Atualmente, há cinco Baeps distribuídos em Campinas, Santos, São José dos Campos, zona Leste da Capital e Barueri. A previsão é que os quatro novos Baeps passem a funcionar em meados de abril.

“Os batalhões representam um avanço em ações de alto risco. Não haverá o fim da Força Tática, que continua como um recurso dos comandantes regionais. Não existirá nenhum tipo de perda nas unidades”, enfatiza o comandante-geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, coronel Marcelo Vieira Salles.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
 
Enquete
O que você achou do novo site?

 Excelente
 Muito Bom
 Regular
 Ruim







.

LIGUE E PARTICIPE

(18) 99698-0957 ou (18) 3918-5300

Visitas: 38506
Usuários Online: 64
Copyright (c) 2019 - Onda Viva 95,7 FM - Desenvolvido: André Fogaroli - (18) 98193-5458