(18) 99698-0957 ...........(18) 3918-5300 ..........

NO AR

Programa - Tempo de Fé

Com Éder Lenardon

Brasil

Golpista usa cheques falsos em nome da Prefeitura de Osvaldo Cruz e causa prejuízo de R$ 27 mil a lotérica

Publicada em 08/11/18 as 19:10h por https://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao - 12 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: https://g1.globo.com/sp/presidente-prudente-regiao)
A Polícia Civil investiga um caso de estelionato em que o golpista usou cheques falsos emitidos em nome da Prefeitura de Osvaldo Cruz e causou um prejuízo de R$ 27 mil a uma casa lotérica da cidade. A ocorrência foi registrada na tarde desta quinta-feira (8).

O delegado Eder Silva Monarin informou ao G1 que os cheques falsos foram utilizados no pagamento de 27 boletos, no valor de R$ 1 mil cada um. As folhas de cheque estavam emitidas em nome da Prefeitura e nominais a uma lotérica.

Segundo o delegado, um mototaxista foi contratado por uma pessoa para fazer o pagamento dos boletos na casa lotérica.

Agora, a polícia realiza o trabalho de investigação para identificar quem contratou o mototaxista e quem foi beneficiado com o pagamento dos títulos, explicou Monarin ao G1.

Cheques falsos foram emitidos em nome da Prefeitura de Osvaldo Cruz — Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Osvaldo Cruz/Reprodução Cheques falsos foram emitidos em nome da Prefeitura de Osvaldo Cruz — Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Osvaldo Cruz/Reprodução
Cheques falsos foram emitidos em nome da Prefeitura de Osvaldo Cruz — Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Osvaldo Cruz/Reprodução

Prefeitura
A Prefeitura de Osvaldo Cruz informou em nota que um estelionatário passou seis cheques no valor de R$ 4,5 mil cada um, em uma lotérica da cidade, totalizando R$ 27 mil.

Conforme a Prefeitura, os cheques são falsos. Os cheques anotam assinaturas falsas de pessoas que provavelmente não existem, informou o Poder Executivo.

“Constam nos títulos uma mulher de nome Maria do Carmo França como tesoureira e Luiz Humberto Mendes como secretário de Finanças. Estas pessoas não existem”, explicou a Prefeitura por meio de nota.


Os cheques são de emissão contra o Banco do Brasil, mas a conta e a agência também são inexistentes. Outro detalhe é que o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) constante nas folhas também é falso, de acordo com o Poder Executivo.

Os títulos, com data desta quarta-feira (7), são grafados como suposto pagamento de "Contribuição Sindical Vereadores Aprovado pela Câmara Municipal de Osvaldo Cruz", o que é inexistente.

“Fica o alerta à população e ao comércio em geral sobre estelionato. A Prefeitura de Osvaldo Cruz se coloca à disposição das autoridades e de eventuais vítimas para esclarecimentos”, finalizou a nota.



 
Enquete
O que você achou do novo site?

 Excelente
 Muito Bom
 Regular
 Ruim







.

LIGUE E PARTICIPE

(18) 99698-0957 ou (18) 3918-5300

Visitas: 18456
Usuários Online: 40
Copyright (c) 2018 - Onda Viva 95,7 FM - Desenvolvido: André Fogaroli - (18) 98193-5458