Notícias
18/10/17 - Sedepp tem vagas para gerente, nutricionista, monitor e pintor

18/10/17 - Previsão do tempo para Regente Feijó

18/10/17 - Falta de matéria-prima atrasa recape de ruas em Prudente

18/10/17 - Avenida Joaquim Constantino já recebe sinalização de mão única de trânsito

18/10/17 - Previsão do tempo para Teodoro Sampaio

17/10/17 - Prazo para reformas de sepulturas termina nesta semana

17/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

17/10/17 - Adolescente de 17 anos morre após bater motocicleta em árvore em Martinópolis

17/10/17 - Previsão do tempo para Santo Anastácio

17/10/17 - Vila Real recebe bloqueio para coleta de sangue e chipagem

17/10/17 - Previsão do tempo para Ribeirão dos Ìndios

16/10/17 - 'Insatisfeitos', agentes penitenciários realizam ato contra agressões sofridas

16/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Venceslau

16/10/17 - Prefeitura de Teodoro Sampaio abre 22 vagas em concurso público

16/10/17 - Previsão do tempo para Teodoro Sampaio

14/10/17 - Uso de energia deve sofrer queda de 4,5% na região

14/10/17 - Previsão do tempo para Tarabai

14/10/17 - Liminar de Fachin de 2015 derruba articulação do Senado para manter sigilo

14/10/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

13/10/17 - Preso morre após passar mais de uma semana com três telefones celulares

  Confira
Feijão carioquinha está 24% mais barato em Prudente
Em meio à crise financeira, uma boa notícia aos consumidores de Presidente Prudente. Levantamento realizado pelo Índice de Preços Toledo (IPT) em seis supermercados de Presidente Prudente aponta queda de 24,54% no preço do quilo do feijão carioquinha.

Pesquisa realizada no dia 4 deste mês constatou deflação de 5,05% no valor da cesta básica. Na prática, o consumidor que gastava R$ 560,99 no mês passado desembolsa, em média, R$ 532,66.

Os alimentos sofreram queda de 5,52%, com destaque para o feijão carioquinha, que ficou 24,54% mais barato. Já o quilo da linguiça fresca teve redução de 21,18%.

Seguindo a tendência, artigos de limpeza que compõem a cesta básica apresentaram deflação de 2,85%. A água sanitária de um litro teve redução de 15,35%, enquanto que o sabão em pó sofreu diminuição de 11,49% no preço.

No setor de higiene pessoal a deflação foi de 3,17%, com destaque para o shampoo e absorvente, que tiveram quedas de 16,02% e 12,36%, respectivamente.

Diferença de preços

Segundo a pesquisa, promoções, variedades e disponibilidade de produtos nos estabelecimentos promovem considerável diferença de preços entre os locais pesquisados. É o caso do quilo do frango resfriado inteiro, que variou entre R$ 4,98 e R$ 9,95, resultando em diferença de 99,80%.

O pacote de arroz tipo1 de cinco quilos foi encontrado entre R$ 8,99 e R$ 11,70, apresentando diferença de 30,14%.

Fonte: www.portalprudentino.com.br
 

Ao Vivo

  Diocese
Ao Vivo