Notícias
20/07/17 - Câmeras de monitoramento viário começam a funcionar em Martinópolis

19/07/17 - Reeducandos do sistema semiaberto trabalham com pintura de escolas estaduais

19/07/17 - Previsão do tempo para Mirante do Paranapanema

19/07/17 - Por paz, Bugalho nomeia novo Relações Institucionais

19/07/17 - Sem emprego? Sedepp tem 302 vagas para PP e região

19/07/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

19/07/17 - Atividade recreativa teatral é realizada para crianças no Matarazzo

19/07/17 - Previsão do tempo para Santo Anastácio

18/07/17 - Atleta de Prudente volta a brilhar e fecha Mundial Sub-18 com ouro

18/07/17 - Previsão do tempo para Presidente Bernardes

18/07/17 - Pela segunda vez, Prefeitura desmente sorteio de casas

18/07/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

17/07/17 - Vítima tem prejuízo de R$ 600 em golpe na compra de frigobar

17/07/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente

17/07/17 - Homem morre após capotar carro na Rodovia Assis Chateaubriand

17/07/17 - Previsão do tempo para Anhumas

15/07/17 - Erosão em barrancos de córrego ameaça 'engolir' casas em Presidente Bernardes

15/07/17 - Previsão do tempo para Presidente Bernardes

15/07/17 - São João Fest agita fim de semana de cinco bairros em PP

15/07/17 - Previsão do tempo para Taciba

  Confira
Polícia Civil monta campana e prende mulher com R$ 3,8 mil em notas falsas
Polícia Civil apreendeu na tarde desta quinta-feira (18), no distrito de Porto Primavera, em Rosana, R$ 3,8 mil em notas falsas de R$ 100. Uma mulher, de 23 anos, foi presa em flagrante pelo crime de moeda falsa.

De acordo com o delegado Ramon Euclides Guarnieri Pedrão, a mulher, moradora de Porto Primavera, foi abordada na casa de uma amiga com um envelope que continha o dinheiro falso.

Ele contou ao G1 que a Polícia Civil já investigava a informação de que a mulher iria adquirir as notas falsas para inseri-las no comércio local e montou uma campana para monitorar a envolvida até que conseguiu abordá-la com o envelope suspeito.

Ainda segundo o delegado, as notas apreendidas possuem “boa qualidade”, o que poderia causar prejuízos ao comércio local, caso entrassem em circulação.

A presa foi encaminhada à Cadeia Feminina de Dracena.

Fonte: G1 Presidente Prudente
 

Ao Vivo

  Diocese
Ao Vivo