Notícias
29/05/17 - Justiça bloqueia bens de Tupã e diretores da Prudenco

29/05/17 - Previsão do tempo para Mirante do Paranapanema

27/05/17 - JBS fecha acordo para pagar R$ 10 milhões a mais de 1,1 mil trabalhadores

27/05/17 - Previsão do tempo para Presidente Epitácio-SP

26/05/17 - Campanha de vacinação contra a gripe atinge 76% do grupo prioritário em PP

26/05/17 - Previsão do tempo para Presidente Venceslau-SP

26/05/17 - TRE-SP reforma sentença da primeira instância e mantém prefeita de Indiana

26/05/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente-SP

26/05/17 - Motorista morre após veículo atropelar cavalo e bater em caminhão em rodovia

26/05/17 - Previsão do tempo para Indiana-SP

25/05/17 - Reparos na SP-294, em Tupi Paulista, vão custar R$ 1,4 milhão

25/05/17 - Previsão do tempo para Emilianopolis-SP

24/05/17 - Alvo de críticas, Osvaldo Silva pede exoneração da Semav

24/05/17 - Previsão do tempo para Presidente Prudente-SP

24/05/17 - Agências de mototáxi clandestinas são fechadas em PP

24/05/17 - Polícia Civil apura morte de bebê de dois meses em Ouro Verde

24/05/17 - Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 34 milhões nesta quarta

24/05/17 - Previsão do tempo para Alvares Machado-SP

23/05/17 - Foragida fica em estado grave após ser atropelada por motorista embriagado

23/05/17 - Previsão do tempo para Regente Feijó-SP

  Confira
Polícia Civil monta campana e prende mulher com R$ 3,8 mil em notas falsas
Polícia Civil apreendeu na tarde desta quinta-feira (18), no distrito de Porto Primavera, em Rosana, R$ 3,8 mil em notas falsas de R$ 100. Uma mulher, de 23 anos, foi presa em flagrante pelo crime de moeda falsa.

De acordo com o delegado Ramon Euclides Guarnieri Pedrão, a mulher, moradora de Porto Primavera, foi abordada na casa de uma amiga com um envelope que continha o dinheiro falso.

Ele contou ao G1 que a Polícia Civil já investigava a informação de que a mulher iria adquirir as notas falsas para inseri-las no comércio local e montou uma campana para monitorar a envolvida até que conseguiu abordá-la com o envelope suspeito.

Ainda segundo o delegado, as notas apreendidas possuem “boa qualidade”, o que poderia causar prejuízos ao comércio local, caso entrassem em circulação.

A presa foi encaminhada à Cadeia Feminina de Dracena.

Fonte: G1 Presidente Prudente
 

Ao Vivo

  Diocese
Ao Vivo